10 de setembro de 2012

2012 / 2013

Bem vindos novos caloiros da Academia do Porto,

Fazem agora parte da maior Academia do país, casa de tradições seculares que ainda sobrevivem, apesar de tudo, na sua essência. 

O maior conselho que se vos pode deixar é que, para além de que se divirtam e se sintam parte de algo maior, façam os possíveis por perceber a diferença entre essência e deturpação, entre tradição e invenção, entre certo e errado. Esses dualismos, perceberão, também são parte bem presente da praxe académica de hoje.

A Praxe Académica não é coutada pessoal de uns quantos, mas é de todos os estudantes universitários. A verdade e tradição nela não é sujeita a decretos circunstanciais, mas a mais de um século de acervo histórico das práticas e costumes de muitos.

Façam o possível por a tentar perceber a uma luz mais informada. 
Se aqui vieram ter, já não começaram mal.

Votos de bom ano e boa praxe.